A DOMINANCIA DO CÃO EM CASA

A DOMINANCIA DO CÃO EM CASA

Vamos tratar na prática de um problema que atinge muitos donos de
cães: a dominância do cachorro na casa. Se o seu cachorro corresponde ao
tipo, digamos, um pouco folgado, você pode mudar esse quadro tomando algumas atitudes que vão transformar, através de uma mudança de hábitos e atitudes, a posição do seu cachorro na hierarquia da casa, sem prejudicar em nada - e, ao contrário, estimulando - a relação de amizade entre vocês dois.

Para começar, tenha em mente que você é o chefe da casa e o líder da
matilha; então, é você quem toma as decisões e iniciativas. E veja essas
dicas:
1. Você é o cachorro-alpha da matilha e, por isso, você é o primeiro em
tudo. Você tem o melhor lugar para dormir, a melhor comida e faz
tudo primeiro: você entra e sai primeiro da casa, do carro e dos
cômodos. O cão só come depois, entra depois.
2. Você lhe dá comida quando você acha melhor e, por isso, é
importante demonstrar que você está no controle. Faça-o esperar
sentado uns instantes antes de lhe servir, e mesmo antes de deixá-lo
sair com a coleira ou entrar no carro. Isso reforçará o seu papel de
chefe.
3. Limite as liberdades físicas do seu cão em casa. Proíba e bloqueie
com uma grade a entrada de um certo cômodo - o seu quarto, por
exemplo. Nada de subir nos móveis, no sofá ou na cama.
4. Controle as brincadeiras e deixe claro que, se ele tenta chamar a sua
atenção para brincar (latindo, por exemplo), você não brinca.
Quando você perceber que ele chama a sua atenção para brincar,
espere um momento antes de começar para que ele saiba que vocês
brincam quando você achar melhor, e não ele.
5. Não repita um comando já dado. O seu cachorro deve aprender a
respeitar o primeiro chamado, e não o segundo ou o terceiro.
E, finalmente, a maneira mais eficaz de evitar a dominância do seu
cachorro e estimular a obediência aos seus comandos é manter uma rotina
de exercícios. Os cães adoram exercícios, porque correr, pular, pegar
coisas com a boca, fazer o que você pede, tudo isso são jogos e desafios
na cabeça dele.

O tempo ideal para que um cão aprenda a se comportar e a responder ao
que você pede mantendo a concentração é de 15 minutos por dia. Ele vai
gastar a energia acumulada, se divertindo e estreitando os laços entre
vocês dois. Além disso, ele vai ter vontade te obedecer porque vai querer
brincar mais e mais. 15 minutos por dia é tudo o que vocês precisam.

Enquanto o seu cão não te obedece totalmente, evite sair com ele em
liberdade, sem a coleira. Você poderá ficar impotente diante de um ato
de desobediência. Comece a praticar exercícios com ele e trabalhar a sua
obediência para, no futuro, poder sair de casa orgulhoso com o seu cão
treinado e obediente. Você vai ver a diferença que isso vai fazer na vida
de vocês dois.

GUILHERME COELHO
000webhost logo